Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Estudantes do Instituto Federal são aprovados nas melhores universidades do país

Publicado: Quinta, 22 de Fevereiro de 2018, 10h04 | Última atualização em Quinta, 22 de Fevereiro de 2018, 10h10 | Acessos: 758

Iniciado em fevereiro de 2015, os cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio do Instituto Federal, Campus São Roque já começam a apresentar os seus resultados. Neste começo de ano, os seus concluintes ingressaram nas melhores universidades/faculdades do país (USP, UNESP, Unicamp, UFRJ, Unifesp, UFSCar, IFSP, FACENS, etc.).

Os cursos técnicos de nível médio dos Institutos Federais (IF’s) almejam proporcionar uma formação integral para os seus educandos. Para isso, compreende o trabalho como princípio educativo e a multilateralidade como condição para se alcançar um processo de ensino aprendizagem global. Dessa maneira, a partir da categoria trabalho e desenvolvendo de forma articulada as dimensões técnica, científica, cultural e política, busca um egresso formado/formando para o mundo do trabalho e prosseguimento dos estudos.

Dos formandos de 2017, quase 30 ingressaram em universidades públicas ou particulares com bolsa de estudo (ProUni). Esses números relevam, entre outras coisas, que é possível desenvolver um ensino público e de qualidade no Brasil. Abaixo a lista provisória com as aprovações.

 IFSP - Campus São Roque

IFSP - Campus São Roque

 

Lista de ex-estudantes aprovados em universidades (SiSU, ProUni, Estaduais Paulistas e Particulares)

- Alexandre Yuzo Konomi, curso Arquitetura - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

- Caio Rodrigues Pinheiro, curso Ciências Sociais - Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

- Camila Fernanda Santibanez Farias, curso Engenharia de Alimentos – Instituto Federal Catarinense (IFC)

- Esdras Barbosa Araújo, curso Obstetricia - Universidade de São Paulo (USP)

- Eurico Simões da Silva Neto, curso Direito – Faculdade de Direito de Itu (FADITU)

- Felipe Ribeiro Amaral, curso Teatro - Universidade Federal de São João del-Rei (UFJS)

- Flavia Cristina Bicudo, curso Tecnólogo em Viticultura e Enologia – Instituto Federal de São Paulo (IFSP)

- Gabriel Fernandes Bianchi Campos, curso Ciências Biológicas – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

- Gabriele Fischer Santini Mendes, curso Letras – Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

- Giovanna Aparecida Domingues Oliveira, curso Ciências Biológicas – Universidade Estadual Paulista (UNESP); curso de Biomedicina – Universidade Paulista (UNIP, bolsa 100%)

- Giovanna Keren da Silva, curso Licenciatura em Ciências Biológicas – Instituto Federal de São Paulo (IFSP)

- Giovanna Maria Peretti, curso Engenharia de Automação e Controle - Instituto Federal de São Paulo (IFSP); curso Química - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) curso Engenharia Mecânica – Faculdade de Engenharia de Sorocaba (FACENS, bolsa 100%); curso Engenharia Mecatrônica, Faculdade de Engenharia de Sorocaba - (FACENS, bolsa 100%);

- Guilherme Duarte Ferreira França, curso Projetos Mecânicos – Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC)

- Guilherme Rodrigues Machado, curso Engenharia de Alimentos - Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)

- João Góes Soares, curso Tecnólogo em Viticultura e Enologia – Instituto Federal de São Paulo (IFSP)

- João Victor Buscariolo, curso Economia – Universidade de São Paulo (USP)

- Júlia Marinho Ribeiro Ikeda, curso Biomedicina - Faculdade Mario Schenberg (FMS, bolsa 70%); curso Biomedicina – Faculdade Anhanguera (bolsa 50%)

- Laryssa Beatriz Oliveira Reis, curso Engenharia de Produção - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), curso Engenharia de Produção - Universidade São Judas Tadeu (USJT); curso Engenharia de Produção – Universidade Nove de Júlio (UNINOVE, bolsa 30%)

- Laura Gleice Souza dos Santos, curso Ciência dos Alimentos - Universidade de São Paulo (USP)

- Luca Bonando, curso Engenharia Ambiental – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI); curso Geografia – Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); curso Geografia – Universidade de São Paulo (USP); Engenharia Ambiental – Universidade Estadual Paulista (UNESP)

- Lucas Godinho Trindade, curso Administração – Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

- Mycael Terra Negrão Fraga, curso Sistemas Biomédicos - Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

- Nathan Diniz da Silva, curso Ciências Biológicas – Universidade Nove de Julho (UNINOVE, bolsa 100%)

- Rafaela Caroline Expedita Formagio, curso Tecnólogo em Viticultura e Enologia - Instituto Federal de São Paulo (IFSP)

- Stella Tecchio, curso Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar – Universidade Federal Paulista (UNIFESP)

- Tauane Cristina Pereira da Fonseca, curso Direito (1ª colocação) - Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG); curso Direito - Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

- Vinicius Landi Martimiano, curso Engenharia de Produção – Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)

- Thiago dos Santos Melo, curso Engenharia Elétrica - Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UFTPR)

 

Instituto Federal

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia é uma instituição centenária que promove educação técnica de nível médio e ensino superior (graduação e pós-graduação). Multi campi, atualmente os Institutos Federais são compostos por 38 reitorias Brasil afora e 644 unidades.

O Instituto Federal de São Paulo é composto por 36 campi espalhados por diferentes cidades do Estado. O Campus São Roque iniciou suas atividades em 2008 e hoje possui mais de 900 estudantes e oferta vagas para os cursos de Ensino Médio Integrado em Alimentos, Administração e Meio Ambiente; e ensino superior: Licenciatura em Ciências Biológicas, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Viticultura e Enologia e Bacharelado em Administração. Maiores informações pelo site.

Fim do conteúdo da página