Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Instituto Federal comemora os seus 10 anos com palestra de Luiza Erundina

Publicado: Terça, 07 de Agosto de 2018, 14h01 | Última atualização em Terça, 07 de Agosto de 2018, 14h02 | Acessos: 215

Em comemoração aos 10 anos do Câmpus São Roque, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) convida a todos e a todas para a palestra da Deputada Federal Luiza Erundina. A ex-prefeita da capital paulista tratará dos “reflexos da Emenda Constitucional 95 na Educação brasileira”. O evento será na próxima quinta-feira, 9 de agosto, às 19h, no auditório do Câmpus São Roque (Rodovia Prefeito Quintino de Lima, 2.100, Paisagem Colonial, São Roque/SP).

Na oportunidade, o ganhador do concurso do logo em comemoração aos 10 anos do Câmpus São Roque será premiado e o logo divulgado à comunidade.

 

COMEMORAÇÃO DOS 10 ANOS DO IFSP, CÂMPUS SÃO ROQUE

Palestra: Os reflexos da Emenda Constitucional 95 na Educação brasileira

Deputada Federal Luiza Erundina

Coordenação: Prof. Dr. Rogério Tadeu da Silva

Debatedor: Prof. Dr. Frank Viana Carvalho

 

Premiação: Divulgação do logo vencedor do “Concurso Cultural para escolha do logo Comemorativo dos 10 anos” e entrega do prêmio ao vencedor

 

Data: 9 de agosto de 2018

Horário: 19h

Local: Auditório do Câmpus São Roque (Rodovia Prefeito Quintino de Lima, 2.100, Paisagem Colonial, São Roque/SP)

Entrada aberta ao público.

Não é preciso fazer inscrição.

 

LUIZA ERUNDINA

Com uma vida inteira dedicada à Política, Luiza Erundina assumiu seu primeiro cargo público no ano de 1958, quando foi Secretária de Educação de Campina Grande, na Paraíba, seu estado de origem. Em 1971 emigra para São Paulo, perseguida pela Ditadura Civil-Militar (1964-1985). Em 1982 elege-se vereadora da cidade de São Paulo. Quatro anos depois, em 1986, é eleita deputada estadual e em 1988 elege-se prefeita da maior cidade da América Latina, São Paulo, sendo a primeira mulher a assumir o cargo na capital paulista. Nessa ocasião, convida o educador Paulo Freire para ser o titular da Secretaria de Educação.

Em 1993, depois do impeachment do presidente Collor, Luiza Erundina é nomeada ministra da Secretaria da Administração Federal, no governo Itamar Franco. No ano de 1998 é eleita deputada federal por São Paulo.

Assumiu mandato parlamentar na Câmara dos Deputados no ano de 1999 e desde então vem atuando de forma exemplar e ética, próxima das bases e integrada à sociedade pela inclusão da classe trabalhadora, dos excluídos e das minorias, tendo como princípio maior a justiça social e a igualdade de direitos.

Fim do conteúdo da página