Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Curso de Administração do Instituto Federal conquista a nota máxima no Enade/MEC

Publicado: Terça, 29 de Outubro de 2019, 15h24 | Última atualização em Terça, 29 de Outubro de 2019, 15h27 | Acessos: 332

Não podemos fechar para balanço, mas devemos prestar contas à sociedade contando um pouco sobre a trajetória do curso.

Esta prestação de contas para a sociedade brasileira, como um todo, e, em particular, para a são-roquense, é uma obrigação da equipe que atua diretamente no Bacharelado em Administração do IFSP São Roque. O curso foi planejado para preparar administradores comprometidos com o desenvolvimento nacional, de um modo geral, e da microrregião de São Roque, em particular.

A primeira turma do Bacharelado em Administração começou no ano de 2014 e encerramos este primeiro período de apuração, agora em 2019 com o conceito 5. Esclarecemos que a avaliação do ENADE vai de 1 a 5, e apenas 5,8% de todos os cursos universitários do Brasil obtiveram 5.

Neste primeiro ciclo, tivemos professores formados em diversas áreas do conhecimento: administradores, economistas, contadores, advogados, sociólogos, filósofos, psicólogos, matemáticos e estatísticos. No total, no Câmpus São Roque são 83 docentes, entre efetivos, substitutos ou em colaboração; 38 servidores técnico-administrativos; e 13 terceirizados, os quais são colaboradores fundamentais para que o trabalho alcançasse esse resultado. Somando 1093 estudantes matriculados nos oito cursos oferecidos em São Roque, todos unidos, de algum modo, contribuíram com a obtenção deste conceito máximo no ENADE!

O quadro de servidores do IFSP Câmpus São Roque, quando criado, em 2008, estava dentro de uma política de remuneração e de condições de trabalho compatíveis, tanto que atraiu mestres e doutores, não apenas no quadro específico de seus docentes, mas no todo de seus servidores. O investimento, tanto no ativo intangível (servidores), como no tangível (infraestrutura física), demonstra o caminho que as políticas públicas em educação devem trilhar. Os resultados dos investimentos públicos em Educação não são apurados de imediato, como o nosso curso demonstra. Foram necessários 5 anos para colhermos este fruto. Mas nosso desempenho demonstra que temos condições efetivas de contribuir com a construção de uma sociedade mais bem preparada para os desafios da realidade.

Para nós, professores do curso superior em Administração, as mudanças que o Ministério da Educação atualmente propõe, no sentido de desinvestimento na Rede Federal e de omissão do esforço de seus servidores e dos resultados alcançados, são um convite à desconstrução de uma escola eficiente, eficaz e efetiva em seus objetivos de ofertar uma educação pública gratuita e de qualidade.

Contamos com o apoio da sociedade são-roquense e da região, para consolidar essa centenária instituição de ensino que tem muito mais ciclos a cumprir com excelência!

 

Equipe do curso Bacharelado em Administração do IFSP - Câmpus São Roque

Fim do conteúdo da página