Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Ex-estudante do Instituto Federal desenvolve pesquisa na área de nanotecnologia na UNESP

Publicado: Segunda, 21 de Novembro de 2022, 14h50 | Última atualização em Terça, 22 de Novembro de 2022, 13h50 | Acessos: 226

Miriã na Feira de Tecnologia do IFSP Bragança Paulista

 Miriã dos Santos Pereira veio da rede municipal de ensino, onde cursou o seu ensino fundamental na Escola Tetsu Chinone. Após muito estudo e dedicação, prestou o Vestibulinho do IFSP, no final de 2016, e conseguiu a sua aprovação em 2° lugar para cursar o Ensino Médio Integrado ao curso Técnico em Meio Ambiente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - Campus São Roque.

Desde o início Miriã se interessou pela área da pesquisa e ainda no seu segundo ano do ensino médio integrado começou a Iniciação Científica com o Prof. Dr. Rogério de Souza Silva, na área de Sociologia. Em setembro de 2018, juntamente com mais 2 colegas de pesquisa, apresentou o seu projeto na VIII Feira de Ciência e Tecnologia de Bragança Paulista, sendo contemplada com uma premiação e uma bolsa de pesquisa para prosseguir nos estudos. No mesmo ano, esse trabalho foi divulgado no Jornada Científica do Campus São Roque do IFSP, sendo agraciado com mais uma premiação. Já em 2019, a jovem continuou desenvolvendo a sua pesquisa e, desta vez, sendo bolsista do CNPq. Novamente, em setembro deste ano, apresentou o seu projeto na IX Feira de Ciência e Tecnologia de Bragança Paulista e foi contemplada com 2 prêmios: 3° lugar em Humanas e Linguagens e o Prêmio Mulheres na Ciência e Tecnologia. No final desse mesmo ano, Miriã concluiu o curso Técnico em Meio Ambiente integrado ao Ensino Médio e lhe foi concedido o Prêmio Lavoisier e o Diploma de Melhor aluna do curso, conferido pelo Conselho Regional de Química - IV Região.

A tão sonhada aprovação na universidade foi mais um dos objetivos que Miriã realizou. A estudante foi aprovada em diversos vestibulares, entre eles, a UNICAMP, UNESP, UFSCar, 100% de bolsa na PUC-Campinas e MACKENZIE, além de obter a nota de 940 na redação do ENEM. Optou pela graduação em Engenharia Ambiental na UNESP, Campus Sorocaba.

Apesar de 2020 ter sido marcado pelo início da pandemia e o cancelamento das aulas presenciais, a aluna continuou se dedicando e mantendo as suas notas altas para que fosse possível conseguir uma bolsa de pesquisa. E logo foi aprovada para uma bolsa de Iniciação Científica CNPq na área de Ciências Exatas e da Terra, dando início a uma pesquisa voltada à nanotecnologia aplicada na agricultura, orientada pelo Prof. Dr. Leonardo Fraceto. Agora, a jovem estuda formas de mitigar efeitos causados por estresse salino em sementes, através da aplicação de nanopartículas contendo hormônios vegetais e biopolímeros, juntamente com a técnica seed priming (tratamento de sementes). Este trabalho foi apresentado no XXXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp, levando o pódio em 2° lugar do Campus de Sorocaba e a aprovação para a 2ª fase do congresso.

Miriã na Feira de Tecnologia do IFSP Bragança Paulista

Além disso, a ex-aluna do IFSP Campus São Roque se mostra bem ativa na universidade, desempenhando o papel de Vice-presidente na Empresa Júnior da UNESP Sorocaba, como também participa do projeto internacional ERASMUS ACE, na qual esteve presente em uma reunião presencial na Colômbia, no início de setembro deste ano. “Sou extremamente grata por todos professores que passaram pela minha vida e ajudaram a construir a minha base. A minha trajetória pelo IFSP foi um preparo para a minha graduação e espero que muitos outros estudantes também tenham a mesma oportunidade de poder desfrutar do ensino público, gratuito e de qualidade”, conclui Miriã.

 

Instituto Federal

 

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IF’s) é uma instituição centenária que promove educação técnica de nível médio e ensino superior (graduação e pós-graduação). Multicampi, atualmente os IF’s são compostos por 38 reitorias Brasil afora e mais de 640 unidades.

O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) é constituído por 37 câmpus espalhados por diferentes cidades do Estado. O Câmpus São Roque iniciou suas atividades em 2008 e hoje possui mais de 1000 estudantes e oferta vagas para os cursos de Ensino Médio Integrado em Alimentos, Administração e Meio Ambiente; ensino superior: Bacharelado em Administração, Licenciatura em Ciências Biológicas, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Viticultura e Enologia e Pós-graduação em Metodologia do Ensino de Ciências da Natureza e Matemática; e cursos de extensão (curta duração).

 

 

Fim do conteúdo da página